Aula inaugural do Mais Infância reúne 500 educadores de creches comunitárias da Bahia

Aproximadamente 500 educadores de creches-escolas comunitárias de diversos municípios do estado se reuniram, na manhã deste sábado (16), para a aula inaugural do projeto Mais Infância, desenvolvido pelas Voluntárias Sociais da Bahia (VSBA). O encontro aconteceu no campus da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), em Salvador, e discutiu a participação da mulher na educação comunitária, bem como políticas públicas para o público feminino.

Este ano, os encontros do projeto serão norteados pelo tema ‘Por uma infância democrática e igualitária’. De acordo com o coordenador pedagógico da ação, Manoel Calazans, “o foco é fortalecer o processo de formação e aprendizagem, por meio da preparação do professor para o enfrentamento de tantos dilemas que existem, hoje, na sociedade, e mostrar como a creche pode potencializar e ajudar na melhoria da qualidade de vida dessas crianças”.

A educadora Marilene dos Santos atua em uma creche do bairro de Nova Sussuarana, em Salvador, e participa, desde o ano passado, dos encontros de qualificação. “De lá para cá, tenho aprendido muito com esse projeto. São experiências diferentes vivenciadas com o pessoal das Voluntárias e das outras creches”, afirmou.

Mais Infância 

Idealizado pela primeira-dama e presidente das Voluntárias Sociais da Bahia (VSBA), Aline Peixoto, o Mais Infância vem qualificando, por intermédio de um conjunto de ações pedagógicas, os educadores que lidam com crianças de 0 a 5 anos. A ação tem conseguido, ao longo dos ciclos, melhorar e promover a integração e socialização dos pequeninos e as respectivas famílias.

Durante a abertura do ano letivo 2019 do Mais Infância, ainda foi apresentada a segunda edição do material didático do projeto. No decorrer do ano, dez encontros, com perspectiva de reunir 500 participantes cada, serão realizados com os educadores que, além de Salvador, são de cidades como Mucugê, São Francisco do Conde e Candeias.

Fotos: Mateus Pereira/GOVBA