SAJ: Tribunal de Contas julga improcedente denúncia de vereadores acerca de irregularidades na construção da nova sede da Câmara

O Tribunal de Contas do Município julga improcedentes e arquiva denúncias acerca da construção da nova sede da Câmara de Vereadores de Santo Antônio de Jesus. As denúncias foram feitas pelos vereadores Altemir Policial, Irmão Gerson e Pedro de Têca sobre supostas irregularidades na construção da sede da Câmara Municipal. O Tribunal de Contas julgou por unanimidade improcedentes e arquivou as denúncias. O primeiro julgamento ocorreu no dia 30 de agosto de 2018, onde a denúncia se referia a uma suporta irregularidade na licitação de contratação da empresa Vieira Santos Transportes e Construções LTDA para elaboração do projeto para construção da nova sede. O tribunal também julgou como improcedente. De acordo com o presidente da Câmara, Antônio Nogueira (Tom), o Ministério Público e o Tribunal de Contas não encontraram irregularidades.

Em virtude de tal acontecimento, o Vereador Tom se diz aliviado. Ele agradece a todos que colaboraram durante esse processo. “Agora, é seguir em frente. Entregar uma nova sede digna da grandeza do povo Santantoniense e trabalhar mais e mais pela capital do Recôncavo da Bahia, Santo Antônio de Jesus”, disse.

Informações: Assessoria de Comunicação do Presidente Antônio Barreto Nogueira Neto – TOM.