Feira de Santana: comerciantes protestam contra decreto que estabelece fechamento do comércio

WhatsApp Image 2021-02-28 at 08.56.56
WhatsApp Image 2021-02-28 at 08.56.55
WhatsApp Image 2021-02-28 at 08.56.54
WhatsApp Image 2021-02-28 at 08.56.51
WhatsApp Image 2021-02-28 at 08.56.45
WhatsApp Image 2021-02-28 at 08.56.43
WhatsApp Image 2021-02-28 at 08.56.38
WhatsApp Image 2021-02-28 at 08.56.37 (1)
WhatsApp Image 2021-02-28 at 08.56.37
WhatsApp Image 2021-02-28 at 08.56.36

Comerciantes de Feira de Santana, fizeram nesse fim de semana, uma campanha contra o toque de recolher estabelecido pelo governo do estado como medida para conter o avanço do coronavírus.

Como forma de protesto, donos de pizzarias, padarias, restaurantes e outros estabelecimentos considerados como serviços não essenciais colocaram em suas faixadas uma placa com a frase: “qualquer trabalho que provê o pão de cada dia é essencial”. Os empresários afirmam que estão fazendo a sua parte contra a imposição do governador Rui Costa e temem que tudo seja fechado novamente.

A Bahia tem restrição das atividades não essenciais desde a última sexta-feira (26) até as 5h da próxima segunda-feira (1º), numa tentativa de conter o avanço da Covid-19. A medida foi divulgada na quinta (25) pelo governador do estado, Rui Costa, e pelo prefeito de Salvador, Bruno Reis.