Moradores de São Miguel das Matas denunciam prejuízos em casas de farinha após prolongada falta de energia

Foto: Reprodução

Moradores da comunidade de Riachão do Davi, em São Miguel das Matas, estão amargando prejuízos pelo fato do local estar desde a quinta-feira (18) sem energia elétrica. As atividades nas casas de farinha, por exemplo, estão paradas de modo que a mandioca não pode ser processada.

Após ficar muito tempo descascada a raiz tende a ficar roxa e imprópria para o processamento e consumo dos derivados. Moradores da comunidade pedem providências da Coelba para que eles não tenham ainda mais prejuízos na produção.

 

*Com informações do Criativa Online