Mortes de idosos em Nazaré não têm relação com a vacina, diz Sesab

Foto: Reprodução

A morte de três idosos de um abrigo de longa permanência na cidade de Nazaré, no Recôncavo baiano, após terem sido vacinados contra o coronavírus, não teve relação com o processo de imunização. A informação é da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), após rumores que associavam os óbitos à vacinação.

Em nota enviada ao Portal A TARDE, a Sesab disse, por meio da assessoria, que “os três casos de óbitos foram de pacientes com resultado laboratorial para Covid-19” e “não há relação direta com a vacina”.

A Secretária de Saúde do município de Nazaré, Samantha Falcão,  também por meio de nota ao Portal A TARDE, disse que os três idosos do Abrigo Paulo de Tarso, tinham entre 73 e 75 anos, possuíam comorbidades e foram vacinados no último dia 19 de Janeiro. Porém os três apresentaram sintomas  de febre e diarréia, no último dia 31 de janeiro, e desde então, a Secretaria de Saúde prestou toda a assistência.

A Vigilância Epidemiológica Estadual reforçou que todos os municípios devem manter as medidas de controle e a população deve contribuir, com a utilização da máscara e o distanciamento social, mesmo para todos que já foram vacinados.

*ATarde