‘Não hesitaremos em fechar tudo’, diz Bruno Reis sobre lockdown na Bahia e em Salvador

O prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM), reforçou estar alinhado com o governador da Bahia, Rui Costa (PT), para adotar medidas mais críticas diante do aumento de casos de coronavírus em Salvador. Em entrevista coletiva hoje (22), durante transmissão nas redes sociais, ele confirmou a desativação de toda a fase 3 de reabertura das atividades comerciais da cidade. Bruno Reis afirmou que tanto ele quanto o governador não hesitam em adotar um possível fechamento total das atividades na Bahia e em Salvador.

“Eu preciso ser sincero como sempre fui e verdadeiro. Essas medidas de hoje não descartam medidas mais necessárias ao longo desta semana. Nem eu e nem o governador não hesitaremos em ter que fechar tudo, desativar segunda e primeira fases se houver risco do colapso. O risco existe? Existe, está aí. Esperamos que essas medidas que adotamos surtam efeitos. Vamos abrir mais leitos nesta semana, tanto prefeitura quanto governo do estado para descolar do colapso. Mas se os números estiverem crescendo na proporção que estão, não restará outro caminho que não a gente avançar para desativar as demais fases”, declarou o prefeito.

Com o anúncio desta segunda-feira, foi suspensa a reabertura de parques de diversões e temáticos, teatros, cinemas, casas de espetáculo, clubes sociais, recreativos e esportivos, além de centros de eventos e convenções, além das praias do município.

*M1