Navio que saiu da Espanha ancora em Salvador após surto de Covid-19; 31 tripulantes foram infectados

Um navio pesqueiro que saiu da cidade de Vigo, na Espanha, ancorou no porto de Salvador depois que quase metade da tripulação testou positivo para a Covid-19. Depois de exames realizados no dia 27 de janeiro, 31 dos 63 tripulantes foram confirmados com a doença. Outros 31 testes não apontaram registro da doença e um exame foi inconclusivo.

Das 31 pessoas diagnosticadas, cinco estão internadas em unidade de saúde da capital baiana, entretanto não foi informado o estado de saúde delas. A testagem foi feita pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), que utilizou a técnica RT-PCR para identificar os casos.

De acordo com a Companhia das Docas do Estado da Bahia (Codeba), a embarcação está fundeada na região da Baía de Todos-os-Santos. O navio está em uma área de quarentena, e os profissionais não podem sair da embarcação, exceto se for para algum atendimento médico.

Segundo a Secretaria da Saúde de Salvador (SMS), o caso é considerado como um surto na embarcação e, por isso, a Anvisa está monitorando o navio e acompanhando diariamente o estado de saúde dos tripulantes. Além disso, o lixo proveniente da embarcação está sendo considerado como resíduo hospitalar.

Ainda de acordo com a SMS, após o caso ser detectado, foi feito o alerta à rede Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (CIEVS) de Salvador, monitoramento das pessoas internadas junto ao hospital, monitoramento dos casos presentes na embarcação, junto à Anvisa e CIEVS Bahia. Além disso, diariamente, a Anvisa encaminha para os CIEVS o relatório sobre o status de saúde dos tripulantes presentes na embarcação.

*G1