Professora procura por parentes na cidade de Amargosa para realizar sonho da mãe

Foto: reprodução

Uma professora que se identificou como Maria Rosa, procurou o Blog do Valente para divulgar a história de sua mãe Deraldina Almeida de 81 anos, na tentativa de realizar o sonho da mesma de encontrar seus parentes na cidade de Amargosa.

Segundo Maria Rosa, a sua mãe nasceu na localidade de Corrente, município de Amargosa, próximo a Brejões, em 16/10/1940. Ela é a filha caçula de 5 irmãos, sendo 2 homens e 3 mulheres. Seus pais se chamavam Pedro de Alcântara Bastos e Vivalda Almeida.

A jovem contou que Deraldina saiu de Amargosa aos 12 anos, após a morte da mãe, sendo que seu pai Pedro, já havia morrido há alguns anos. Após o ocorrido, ela seguiu com uma das irmãs, que foi morar e trabalhar em Salvador (Plataforma). Depois de alguns anos, Deraldina soube que essa irmã havia morrido.

Maria Rosa afirmou que dois irmãos, de sua mãe, chamam-se Plácido(irmão) e Deusdete (irmã) e já um outro irmão também faleceu em Salvador

De acordo com a filha, outra pessoa que Deraldina lembra é da madrinha, Olga. Ela era senhora dona uma fazenda de café.

“Aos 13 anos, em Salvador, conheceu meu pai e foi para a companhia dele, passando a viver em Esplanada-Bahia até o ano de 2000, quando mudou-se para Juazeiro com o filho e a filha mais velha (meus irmãos). Minha mãe ficou viúva em 1991 e permaneceu sozinha, na companhia de filhos e netos”, finalizou Maria Rosa sobre a história de sua mãe Deraldina.