Bruno Reis considera volta às aulas presenciais em Salvador dia 8 de fevereiro

O prefeito eleito de Salvador, Bruno Reis (DEM), anunciou em entrevista à TV Bahia na manhã de hoje (29), que considera a volta das aulas presenciais da rede municipal no dia 8 de fevereiro do ano que vem. Ele ainda terá uma reunião com o governador da Bahia, Rui Costa (PT), para organizar o retorno das crianças e adolescentes às escolas durante a pandemia do coronavírus.

Desde março, mês inicial da pandemia no estado, as aulas estão acontecendo de forma completamente remota. De acordo com Bruno, as escolas teriam a primeira semana de fevereiro para “se preparar, fazer simulações e testes”.

A previsão, porém, só se tornará concreta a partir da avaliação da situação da Covid-19. Ele afirmou que a depender de como estarão os números de casos e a taxa de ocupação das UTIs na cidade – que não poderão ultrapassar de 70% até dia 20 de janeiro – a decisão precisa será tomada.

A prefeitura decidiu não esperar mais por uma deliberação do governo federal, e pretende, então, definir um plano com o governo do estado. “Nossa visão é de que se não houver um retorno até fevereiro, iremos comprometer o calendário de 2021”, disse o prefeito eleito do município.

Bruno citou o distanciamento social, o rodízio de alunos, a permanência de algumas aulas onlines e a higienização das escolas como medidas de proteção da crise sanitária durante essa retomada.

*M1