Prefeitura de Salvador vai restaurar o Relógio São Pedro e outros três monumentos da capital

Foto: Reprodução / Google Street View

 

A prefeitura de Salvador vai restaurar, nos próximos meses, o monumento histórico que completou 107 anos em 2023, o Relógio de São Pedro. Através da Fundação Gregório de Mattos (FGM), a gestão municipal contratou uma empresa para realizar a intervenção.

O acordo com a empresa Alma Arquitetura e Restauro foi assinado no último dia 20 de dezembro por inexigibilidade de licitação. Segundo informações do Bahia Notícias, parceiro do Blog do Valente, a FGM não forneceu um prazo de execução para o restauro do equipamento, que tem 6,50m de altura e está na Praça Barão do Rio Branco, na Avenida Sete de Setembro.

O relógio foi construído na França e encomendado pelo governador José Joaquim Seabra, quando foi inaugurado em 1916, no governo de Antonio Muniz de Aragão. O monumento precisou ser consertado em 1999, quando foi atingido por um carro, e em setembro de 2015 foi recuperado sob a gestão da Fundação Gregório de Mattos. À época, foram retirados pontos de ferrugem, feitos reparos e consertos na parte mecânica, trocando os vidros e fazendo serviço de pintura.

Além da restauração relógio, a FGM também concordou com um pacote de outros serviços de restauro a monumentos da capital baiana. São eles o Monumento à Fundação da Cidade do Salvador, localizado no Porto da Barra, o Busto dos Heróis da Revolta dos Alfaiates, na Praça da Piedade e a Efígie de Rubem Dário, no Morro do Ipiranga, na Barra.

No total, o contrato para as execuções tem valor de R$ 198.239,16. Segundo a publicação, as intervenções ficarão sob responsabilidade de Elias Machado, pesquisado, doutorando e mestre em arquitetura e urbanismo.

 

 



Veja mais notícias no blogdovalente.com.br e siga o Blog no Google Notícia