Cármen Lúcia é diagnosticada com coronavírus

A ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal, foi diagnosticada com coronavírus. O resultado positivo foi confirmado na semana passada e a informação foi divulgada ontem à noite (22) pela coluna de Guilherme Amado na revista Época.

A ministra, de 66 anos, cumpre isolamento na sua casa em Minas Gerais e tem apresentado febre, mas sem sintomas mais graves. Ela não participou da sessão de ontem do STF.

Cármen Lúcia já é a nona autoridade que esteve presencialmente na posse de Luiz Fux como presidente da Corte que se infectou com a Covid-19. Além dela, foram contaminados o próprio Fux; o presidente da Câmara, Rodrigo Maia; procurador-geral da República, Augusto Aras; presidente do Tribunal Superior do Trabalho, Maria Cristina Peduzzi; ministro do Turismo, Marcelo Álvaro, além dos ministros do Superior Tribunal de Justiça Luiz Felipe Salomão, Antonio Saldanha e Benedito Gonçalves.

*M1