Cientistas de 12 países fazem carta em que expressam ‘preocupação’ com vacina Russa

Cientistas de universidades em 12 países divulgaram uma carta aberta em que sinalizam “preocupação” com os resultados dos primeiros testes da vacina russa da Covid-19, a “Sputnik V”, produzida pelo Instituto Gamaleya.

O documento é assinado por 37 cientistas.O fundo estatal russo que coordena a produção da vacina nega haver problemas nos dados, destaca reportagem do G1.

A carta foi publicada no blog de um dos cientistas participantes do grupo no dia 7 de setembro. Depois a manifestação foi reportada pela revista científica “Nature”.

A hipótese de existência de resultados duplicados nos ensaios da vacina é levantada pelos cientistas, que pedem que os dados numéricos de todos os experimentos e os arquivos originais das análises feitas sejam divulgados, para que outros cientistas possam examiná-los.

“Embora a pesquisa descrita neste estudo seja potencialmente significativa, a apresentação dos dados levanta várias questões que requerem acesso aos dados originais para uma investigação completa”, afirma o texto no blog, que pertence ao biólogo italiano Enrico Bucci, professor adjunto da Universidade Temple, no estado americano da Pensilvânia.

Fonte: BN




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *