Luiz Fux é liberado para retornar ao trabalho presencial no STF

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ ABr

 

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, está curado do novo coronavírus. Ele recebeu liberação médica para retomar os trabalhos em Brasília, na tarde desta segunda-feira, 28. As informações são da coluna Radar, da revista Veja.

Fux passou 14 dias de isolamento, trabalhando de maneira remota. Ele testou positivo para a Covid-19 na sua cerimônia de posse na presidência do STF. O ministro obteve leves sintomas.

Demais autoridades também foram infectadas com vírus durante o evento: A presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), Maria Cristina Peduzzi; o procurador-geral da República Augusto Aras; o presidente da Câmara, Rodrigo Maia; o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro; e os ministros do STJ Luiz Felipe Salomão, Antonio Saldanha e Benedito Gonçalves.