Ministério da Saúde planeja ‘Dia D’ com distribuição de cloroquina em kit Covid-19

O Ministério da Saúde mais uma vez investe da distribuição de cloroquina para tetar eliminar os altos estoques do medicamento.

Segundo informações do jornal Estado de S.Paulo, a pasta  vai realizar um “Dia D” de enfrentamento à covid-19 em 3 de outubro, abrindo Unidades Básicas de Saúde (UBS) para passar orientações sobre o “tratamento precoce” e medicar pacientes. Até esta data, o governo planeja uma série de ações, entre elas levantar estoques e investir na distribuição de medicamentos do chamado kit covid-19 no País, que reúne cloroquina, hidroxicloroquina, azitromicina e ivermectina. Não há eficácia científica comprovada sobre o uso dessas drogas contra a doença.

Sem dar detalhes, o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, divulgou o evento na última quinta-feira (24), durante reunião com gestores de Estados e municípios. “É um esforço nacional que o SUS está fazendo para divulgar melhores práticas, para que possamos salvar mais vidas”, disse. Pazuello afirmou que há “pessoas sendo iludidas no país” sobre o tratamento. “Até hoje você encontra cartazes dizendo: está com covid, fique em casa até ter falta de ar.”

O Ministério da Saúde afirmou, em nota, que as ações do “Dia D” ainda estão sendo planejadas e ainda não têm data definida. O Palácio do Planalto declarou que não há previsão de pronunciamento de Bolsonaro em rede nacional sobre o tema.