Pfizer diz que não negocia vacina com estados e mantém diálogo com governo federal

A Pfizer Brasil negou hoje (5) a existência de negociações paralelas com estados brasileiros para o fornecimento de doses de sua vacina contra a Covid-19, desenvolvida em parceria com o laboratório alemão BioNTech e disse manter o diálogo aberto com o governo federal. A informação foi divulgada pelo jornal O Globo.

O presidente do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), Carlos Lula, afirmou ontem (4), em entrevista à rádio CBN, que a farmacêutica americana procurou a entidade após enfrentar dificuldades na interlocução com o Ministério da Saúde.

Em comunicado, a Pfizer afirma que recebeu alguns contatos de governos estaduais, mas ressaltou que tem atuado diretamente com governos federais.

Fonte: Metro1