SAJ: Empresários realizam manifestação contra fechamento do comércio

Empresários e comerciários  de Santo Antônio de Jesus, que são contra o fechamento do comércio, realizaram  uma carreata às 17h desta segunda-feira(1), em manifestação contra a adesão do prefeito Genival Deolino ao fechamento do comércio nesta segunda e terça-feira.  O fechamento dos serviços essenciais  na Capital do Recôncavo por mais 48h  foi em consonância com o decreto do Governo do Estado, como medida de contenção do novo coronavírus. A manifestação teve início em frente à prefeitura municipal de Santo Antônio de Jesus.

Em entrevista ao repórter Antônio Carlos,  o comerciante Artur avaliou o fechamento do comércio como politicagem e hipocrisia política. “Não estou falando que é melhor o comércio estar aberto, mas é tomar medidas cabíveis, para que não aconteça isso”, pontuou.

Marica Churrascaria disse já estar em um prejuízo de R$ 50 mil. Para ele, os gestores deveriam multar as pessoas que não estão usando máscaras. “Faz uma manifestação dessas, não dá dez empresários. Os outros devem estar pela ilha curtindo. Eu pensava que iria fechar essa cidade de carro”, disse, criticando a pouca quantidade de empresários que compareceram à manifestação.

“Fechar o comércio é tirar a dignidade do povo”, comentou um empresário. Para ele, todo trabalho é essencial, pois mantém as famílias. “A prefeitura está tirando o direito do povo de viver”, afirmou.

 

Confira: