Termos do contrato e pandemia atrasaram inicio das obras da Ponte Salvador-Itaparica, diz secretário

Navios chineses devem chegar à Bahia para realizar a sondagem ainda em janeiro – Imagem: divulgação

A ponte Salvador-Itaparica voltou a ser tema de debate político por conta de sua demora para sair do papel. Ao Bahia Notícias, parceiro do Blog do Valente, o secretário estadual da Fazenda, Manoel Vitório, foi questionado sobre o assunto e atribuiu o atraso a questões burocráticas.

“Houve uma licitação que foi exitosa. O consórcio venceu, mas depois veio a pandemia. A pandemia modificou muito os preços dos insumos, e há uma previsão contratual de como tratar esses valores. Estamos vinculados ao contrato, e o contrato tem várias fases. É preciso seguir o contrato. Tudo indica que já deve começar neste ano com o processo de sondagem, que é o início de tudo”, disse Vitório.

Na quarta-feira (10), o governador Jerônimo Rodrigues indicou que navios chineses devem chegar ao estado para realizar a sondagem até o dia 20 de janeiro.



Veja mais notícias no blogdovalente.com.br e siga o Blog no Google Notícia