Neymar é expulso e técnico sai em defesa do atacante: ‘Ele é humano’

Depois de vencer o Bordeaux por 4 a 3 no domingo (23), o técnico do Paris Saint-Germain, Thomas Tuchel, foi questionado sobre a expulsão do atacante brasileiro Neymar nos acréscimos da partida, quando recebeu o segundo cartão amarelo por falta em Adli no meio do campo.

O treinador ressaltou que a falta podia ter sido evitada, mas disse entender a reação do brasileiro.

“Não era necessária a falta, mas ele estava nervoso, é humano”, afirmou. “Por outro lado, quem fez falta antes não recebeu cartão amarelo. Foi muito estranho”, completou.

Neymar deixou o campo aplaudindo ironicamente a arbitragem. (Bahia.Ba)