Dirigente do Bahia em título brasileiro de 59 morre vítima de novo coronavírus

Morreu na madrugada deste domingo (30) Benedito Borges de Mello dirigente do Bahia no título brasileiro de 1959. O idoso, que faria 97 anos no dia 13 de setembro, é mais uma vitima da Covid-19. A ligação de Benedito Borges de Mello com o Bahia rendeu fatos curiosos. Convidado para um passeio com a então Missa Brasil, a também baiana Martha Rocha, recusou o convite porque ia ter jogo do Bahia no mesmo horário na Fonte Nova.

Foto: Arquivo Pessoal

 

Dono de uma locadora de carros de luxo em Salvador, Benedito chegou a pagar luvas e bichos aos jogadores com carros da empresa dele. Pelos serviços relevantes prestados ao clube do coração, Benedito Borges de Mello recebeu em 2018 a Comenda Valdemar Costa entregue pelo Conselho Deliberativo do Bahia. Era natural de Ribeira do Pombal, no agreste baiano.

Segundo familiares, o sepultamento de Benedito Borges Mello está marcado para as 11h deste domingo no cemitério Jardim da Saudade, em Brotas.