Torcedores invadem treino do Figueirense, agridem funcionários e disparam rojões

Cerca de 30 integrantes de torcida organizada do Figueirense invadiram o estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis, neste sábado (5), durante treino da equipe.

Eles dispararam rojões na direção dos atletas, e imagens mostram correria. A assessoria de imprensa do clube não confirma se houve jogadores agredidos, mas diz que há feridos leves, sem especificar se são integrantes do elenco ou outros funcionários. Eles foram tratados pelo departamento médico do clube. Ainda de acordo com a assessoria, será registrado Boletim de Ocorrência.

A polícia foi acionada mas, quando chegou, os torcedores já haviam ido embora.

Em nota, o Figueirense repudiou a invasão e disse que nenhum resultado esportivo justifica a ameaça à integridade física dos atletas e profissionais da comissão técnica.
O protesto violento aconteceu um dia após a derrota da equipe para o Paraná, por 1 a 0, pelo Campeonato Brasileiro da Série B. Com cinco pontos após sete rodadas, o Figueirense está em 16º, apenas uma posição acima da zona de rebaixamento.

Leia abaixo o comunicado do Figueirense:

“O Figueirense Futebol Clube, através de seu Conselho Administrativo, repudia de forma veemente os lamentáveis fatos ocorridos na tarde de hoje no Estádio Orlando Scarpelli.

Resultados esportivos ou problemas administrativos de qualquer natureza, não justificam qualquer tipo de atitude que ameace a integridade física dos atletas e profissionais de comissão técnica.

Diante dos fatos, não resta alternativa que não seja procurar as autoridades competentes, para que medidas enérgicas sejam tomadas.”