Vice-presidente do Vitória desiste de renunciar e pede licença de 90 dias

O vice-presidente do Vitória, Luiz Henrique, não vai mais renunciar ao posto. Pelo menos por enquanto. Ele foi convencido por membros da diretoria a tirar uma licença de 90 dias para resolver seus problemas pessoais.

“Eu cheguei a fazer uma carta de renúncia, mas a diretoria do clube conversou comigo e pediu para que eu refletisse. Então decidi tirar uma licença de 90 dias para tentar resolver os problemas pessoais que tenho”, disse em entrevista ao Bahia Notícias.

Eleito em 2019 na chapa de Paulo Carneiro, Luiz Henrique é responsável por gerir as finanças do Vitória.