Vitória enfrenta xará de Conquista em clima de decisão

Foto: Pietro Carpi / EC Vitória

Nesta quarta-feira (28), o Vitória recebe o Vitória da Conquista às 19h30, no Barradão, pela primeira fase do Campeonato Baiano. O Leão e o Bode se enfrentam em jogo atrasado para tentar chegar na parte de cima da tabela e garantir a classificação para a próxima fase da competição.

Com dois jogos atrasados, o Rubro-Negro precisa vencer as próximas três partidas e ainda depende dos times da parte de cima da tabela para sonhar com a final. Caso não se classifique, esta será a terceira temporada seguida que o Leão não chegará à decisão do Campeonato Baiano.

O Vitória é o vice-lanterna do Baianão, em 9º lugar, apenas uma colocação à frente do Fluminense de Feira, que ocupa a única posição da zona de rebaixamento. A pontuação do Leão é de 7 pontos, sendo apenas um triunfo, quatro empates e uma derrota em seis jogos disputados. Já o Vitória da Conquista é o 8º colocado do Baianão, com os mesmos 7 pontos, mas em sete partidas. São duas vitórias, um empate e quatro derrotas para o time do interior do estado.

O Leão vai para o confronto após derrota para o Ceará, pela semifinal da Copa do Nordeste, que o eliminou da competição. O Bode chega em Salvador com três derrotas seguidas na bagagem pelo Baianão e vai fazer de tudo para tentar vencer o Vitória e alterar a recente situação do clube.

A partida terá transmissão ao vivo da TVE Bahia, na TV aberta, e também através do YouTube e do Facebook da emissora na internet.

Ficha técnica:
Vitória x Vitória da Conquista, jogo atrasado da 2ª rodada do Campeonato Baiano;
Onde: Barradão, Salvador;
Quando: quarta-feira, 28 de abril, às 19h30 (de Brasília);
Provável time do Vitória: Ronaldo; Wallace, Raul Prata, Cedric, Pedrinho; João Victor, Bolota, Vico, João, David; Samuel. Técnico: Rodrigo Chagas;
Provável time do Vitória da Conquista: Ronaldo Zilio; Raul, Alagamar, João Grilo, Tiago; Fagner, Neto, Breno, Rodrigo, Airton Maradona; Leonardo Dias. Técnico: Guilhermino Lima.
Arbitragem: Emerson Ricardo de Almeida Andrade, auxiliado por Marcos Welb Rocha de Amorim e Carlos Eduardo Bregalda Gussen.

 

M1