Sem citar nomes, OMS pede cautela a países que vão receber eventos de grande porte

Sem citar nação em específico, o chefe do programa de emergências da Organização Mundial da Saúde (OMS), Mike Ryan, pediu cautela aos países que vão receber eventos de grande porte durante a pandemia de Covid-19.

Segundo a CNN, no discurso, o alto funcionário da agência afirmou que o país-sede precisa ter certeza que consegue fazer um controle de riscos. Caso o contrário, ele sugere que a decisão precisaria ser reconsiderada.

A Copa América será realizada no Brasil entre os dias 13 de junho e 11 de julho. O torneio terá início no domingo (13) com a partida entre Brasil e Venezuela, às 18h, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF).

A organização da competição durante uma fase de agravamento da pandemia da Covid-19 provocou debate entre jogadores, dirigentes esportivos e autoridades brasileiras, principalmente depois de o país ter sido escolhido como sede após a desistência da Argentina, que justificou a sua decisão com base na situação da pandemia.

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, acredita não haver riscos em sediar a competição caso os protocolos sejam respeitados. Queiroga será ouvido nesta terça-feira (8), no Senado, pela CPI da Pandemia, quando é esperado que seja questionado sobre a segurança sanitária para a realização da Copa América no Brasil.