Jogadores da base do Vitória ameaçam greve por causa de atraso em salários

Foto: BN

Jogadores da base do Vitória, principalmente do plantel sub-20, cogitam fazer greve em razão de salários atrasados. Os débitos variam. Alguns relataram ao Bahia Notícias que estão sem receber seus vencimentos há mais de três meses. Porém, existem casos em que o débito é de menor duração.

Além de atletas, alguns pais e mães de jogadores também entraram em contato com o BN, mas pediram anonimato com medo de represálias. Um deles citou que tem pedido uma posição para a diretoria do clube, mas que não foi atendido até agora. “Já liguei várias vezes, mas ninguém me retorna. Meu filho mora em Salvador e estou sem condições de ajudá-lo nas despesas. Na verdade é ele quem nos ajuda, pois somos humildes”. Já a mãe de outro jogador foi mais taxativa. “A situação está feia. Ninguém dá satisfação. O jeito vai ser entrar na Justiça como alguns já começaram a fazer. É um desrespeito que estão fazendo”.

O movimento para uma possível greve começou na semana passada. Os jogadores procuraram Marcelo Vilhena, coordenador da base. Ele prometeu levar a situação a Paulo Carneiro, presidente do clube. Nesta terça-feira (3), atletas ouvidos pelo BN relataram que Vilhena falou que a diretoria tenta encontrar soluções para apaziguar os problemas financeiros do clube. Um deles é a tentativa de um empréstimo e assim poder quitar os débitos.

O Bahia Notícias tentou contato com a diretoria do Vitória, mas não obteve até o fechamento da matéria.

*BN