Brasil encerra Jogos Paralímpicos com recorde de medalhas

            Foto: Ale Cabral / CPB

Os Jogos Paralímpicos, realizado em Tóquio, chegou ao fim neste domingo (5) e, na capital japonesa, o Brasil fez história ao conseguir realizar a melhor campanha de participação.

O país terminou a competição em 7º lugar, (a melhor já alcançada), levou maior quantidade de ouros (22), e conseguiu igualar o recorde de pódios da Rio-2016, conquistando 72 medalhas no total.

A posição no quadro de medalhas é igual à de Londres 2012 e o número total de pódios empata com a Rio 2016, mas além do ouro a mais, dessa vez, 14 modalidades subiram ao pódio.

De brinde, o Brasil alcançou ainda seu centésimo ouro em Paralimpíadas, chegando a 109 no fim.

Veja atletas que conquistaram a medalha dourada

Gabriel Bandeira – natação
Yeltsin Jacques – atletismo (duas vezes)
Silvânia Costa – atletismo
Wendell Belarmino – natação
Petrucio Ferreira – atletismo
Wallace Santos – atletismo
Mariana D’Andrea – halterofilismo
Maria Carolina Santiago – natação (três vezes)
Alana Maldonado – judô
Gabriel Araújo – natação (duas vezes)
Claudiney Batista – atletismo
Elizabeth Gomes – atletismo
Alessandro Rodrigo da Silva – atletismo
Talisson Glock – natação
Nathan Torquato – parataekwondo
Goalball masculino
Fernando Rufino – canoagem
Futebol de 5 masculino

*Bahia.Ba