Após escolher não se vacinar, atleta do Bayern tem sequelas causadas pela Covid-19

Foto: Divulgação, FC Bayern

Após optar por não se vacinar contra a Covid-19, o jogador Joshua Kimmich teve sintomas mais sérios da doença. Devido a problemas pulmonares, o atleta precisará ficar de fora dos gramados até janeiro de 2022.

O Bayern de Munique, clube pelo qual o atleta atua, informou por meio de um comunicado oficial que o jogador  teve “pequenas infiltrações nos pulmões” depois de ter concluído o período de isolamento.

“Estou feliz que meu auto-isolamento causado pelo coronavírus tenha terminado. Estou muito bem, mas ainda não posso treinar totalmente devido a pequenas infiltrações em meus pulmões. Portanto, farei alguns treinamentos de reabilitação e mal posso esperar para estar totalmente de volta à ação em janeiro”, disse Kimmich ao site oficial do Bayern.

O meia é ausência confirmada para o técnico Julian Nagelsmann para ao menos três confrontos no Campeonato Alemão. Ele está fora de ação desde o meio de novembro, quando a infecção ainda não estava confirmada.

Fonte: Bahia.ba