Altetas baianos representam o Brasil em disputas internacionais

Altetas baianos representam o Brasil em disputas internacionais
Keno Marley — Foto: Frank Franklin – Pool/Getty Images

Atletas do interior baiano, de boxe e de orientação, vão representar o estado e o Brasil em importantes competições fora do país. No boxe, o mérito é do atleta Keno Marley que irá disputar a medalha de ouro no Campeonato Continental de Boxe, em Guayaquil, no Equador. Já na modalidade de orientação, a feirense Ana Beatriz Barbosa garantiu vaga para o Mundial de Jogos Escolares, ISF Gymnasiade– School Summer Games 2022, que será realizado na cidade de Normandia, na França, no período de 14 a 22 de maio deste ano.

Keno garantiu a vaga após dominar completamente a luta realizada na última quarta-feira, 30, à noite, contra o equatoriano Carlos Caicedo. Os vencedores da competição serão conhecidos neste sábado, 2, quando o torneio termina.

Natural de Conceição do Almeida, o atleta de 21 anos já participou de grandes eventos esportivos, como os Jogos Pan Americanos de 2019, em Lima, e os Jogos Olímpicos de Tokyo, realizados em 2021.

Já a orientação, modalidade esportiva multidisciplinar que integra Educação Física, Matemática e Geografia, conta com Ana Beatriz e a também feirense Fabiana da Hora, que vai representar o Brasil em uma futura competição internacional. Elas integram o Projeto Calangos do Sertão e foram convocadas para compor a Seleção Brasileira de Orientação Escolar.

Todos os atletas são apoiados pelo Governo do Estado, por meio do Bolsa Esporte, cujo valor do recurso varia conforme categoria e posição no ranking da modalidade esportiva.

Segundo o governo, os dois editais do Bolsa Esporte lançados em 2021, por meio da Setre e sua autarquia Sudesb, investem R$1,5 milhão no apoio direto a 162 atletas.