Filho de Michael Schumacher se torna piloto reserva da McLaren na F1

© Anton Vaganov/Reuters

A McLaren anunciou nesta quarta-feira (01) que Mick Schumacher, filho do heptacampeão Michael Schumacher, também será um dos seus pilotos reservas na temporada 2023 da Fórmula 1.

O alemão já estava acertado com a Mercedes para executar a mesma função neste ano. Após acordo entre as duas equipes, ele ficará à disposição dos dois times ao longo do campeonato.

A parceria entre McLaren e Mercedes é antiga. A montadora alemã é fornecedora de motor para os carros da rival britânica no grid da F-1. Nos últimos anos, as duas equipes também compartilharam pilotos reservas. Com o início do campeonato, os times devem estabelecer um calendário para contar com Mick em eventuais treinos livres e testes.

Mick disputou duas temporadas inteiras na F-1, pela equipe Haas, em 2021 e 2022, sem sucesso. Diante do desempenho abaixo do esperado, ele não teve seu contrato renovado pela equipe americana. Mas, antes mesmo do fim de 2022, a Mercedes anunciou acordo com ele para atuar como piloto reserva.

A presença de Mick na McLaren vai representar um reencontro quase familiar no time. O atual chefe da equipe, Andrea Stella, foi engenheiro de performance do pai de Mick, na Ferrari, entre 2002 e 2006. Juntos, eles faturaram três títulos do Mundial de pilotos.

Veja mais notícias no blogdovalente.com.br e siga o Blog no Google Notícias



Veja mais notícias no blogdovalente.com.br e siga o Blog no Google Notícia