EUA vão impor restrições a voos de países africanos por variante ômicron

EUA vão impor restrições a voos de países africanos por variante ômicron
(Foto: EBC)

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, afirmou nesta sexta-feira (26) que o país vai impor restrições a viajantes oriundos da África do Sul e mais sete nações africanas.

As restrições passarão a valer a partir do dia 29 de novembro, disse o presidente que citou seguir as recomendações de conselheiros médicos da Casa Branca e defendeu novamente a vacinação.
Mais cedo, uma autoridade sênior do governo americano antecipou que as restrições não valeriam para cidadãos americanos, e que os países afetados pela medida são:

África do Sul
Botswana
Zimbábue
Namíbia
Lesoto
Eswatini
Moçambique
Malawi

Além dos EUA, mais de 10 países e/ou territórios já anunciaram restrições a voos de nações africanas por causa da variante ômicron até o momento.

Outras nações, como Singapura, Japão e Índia, também anunciaram que vão adotar medidas para tentar conter esta nova variante.

No Brasil, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recomendou ao governo federal que adote medidas de restrição para voos e viajantes de ao menos 6 nações africanas.