PGE vai recorrer ao Supremo contra envia da Força Nacional à Bahia

O governador Rui Costa informou na noite desta quinta-feira (3), no twitter, que não solicitou a presença de tropas da Força Nacional no extremo sul. Cerca de 100 agentes da coorporação gerida pelo governo federal estão em assentamentos da reforma agrária, a pedido do Ministério da Agricultura.

A Procuradoria Geral do Estado vai ingressar com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade no Supremo Tribunal Federal para reverter a atuação da Força Nacional.”‘Tal conduta, já maculada pelo caráter invasivo e ilegal, é agravada pelo total desprezo às regras de convivência democrática”, conclui o gestor baiano.

Na postagem, Rui afirmou que enviou uma correspondência ao ministro da Justiça, André Mendonça, na qual destaca que o “ato pode configurar quebra do Pacto Federativo e flagrante desrespeito à lei”. Rui Costa também deve enviar um ofício à Procuradoria Geral da República.

*Bahia.Ba