Governador cita ‘economia fragilizada’ e diz que Brasil não tem condição de fazer lockdown

Foto: Reprodução/TV Bahia

Apesar de não descartar um lockdown, o governador Rui Costa (PT) afirmou que, no momento, o Brasil não tem condição de parar todas as atividades por causa da “economia fragilizada”. Na noite desta terça-feira (9), o petista criticou o posicionamento do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) frente à pandemia do novo coronavírus.

De acordo com o mandatário, as medidas adotadas contra a Covid-19 até o momento são necessárias, mas são paliativas. “Nos não temos essa condição [de decretar lockdown] principalmente com a má vontade do presidente para ajudar o povo”, afirmou.

Durante a live, o petista afirmou que está tentando evitar não mencionar o presidente, nem as ações do governo federal durante a pandemia por estar “indignado com o que eles estão fazendo com o Brasil”. Para Rui, o “deboche” de Bolsonaro é o responsável pelas mais de 260 milhões de mortes no país em virtude da doença.

*Bahia.Ba