Projeto Ligadas por Fios arrecada cabelos e acessórios para pacientes em tratamento de câncer

                                                Foto: Reprodução

 

A secretaria da segurança pública, através da superintendência de prevenção à violência, lançou a edição 2021 do Projeto Ligadas Por Fios, que tem o objetivo de arrecadar mechas de cabelo que serão transformadas em perucas e distribuídas a mulheres que perderam os fios naturais por conta do tratamento contra o câncer.

Lenços, bonés, chapéus, turbantes e outros acessórios também podem ser doados em pontos de arrecadação espalhados por salvador e no interior do estado até o dia 29/10.

A superintendente de prevenção à violência, major Denice Santiago explica onde as doações podem ser entregues.

“O projeto conta com patrocinadores, parceiros e madrinhas que vão ajudar a promover a iniciativa, arrecadar e receber doações. O perfil @ligadasporfios no instagram é o canal oficial para informações. Palestras fazem parte da programação. Além da SSP, as secretarias de saúde, de promoção da igualdade racial e o Planserv também participam da iniciativa”, conta major Denice.

A coordenadora geral do Planserv, Socorro Brito fala sobre como vai ser a participação do órgão.

“As mechas para doação precisam ter ao menos quinze centímetros. Os fios devem estar limpos e secos, presos com um elástico e armazenados em um saquinho para serem depositados nas urnas do projeto e não embaraçarem. Não precisa doar todo o cabelo. Algumas mechas fazem a diferença tanto para quem doa quanto para quem recebe”, diz Socorro Brito

A jornalista Silvania Nascimento relata como foi sua experiência na edição anterior.

“Em tratamento de câncer de mama desde o início do ano no hospital da mulher, também parceiro da ação, a operadora de caixa Eliene Almeida perdeu os fios por conta da quimioterapia, mas não desanimou. Durante o lançamento da ação, ela recebeu um kit com uma peruca e acessórios. Usando turbante, ela incentiva outras pacientes”.

Reportagem Lina Magalí/Governo da Bahia