Com os números da Covid, vai ter Réveillon e Carnaval na Bahia? O Governador Rui Costa responde ao Blog do Valente

Com os números da Covid, vai ter Réveillon e Carnaval na Bahia? O Governador Rui Costa responde ao Blog do Valente
Foto: reprodução

“Não é fácil tomar uma decisão sobre isso, a gente infelizmente trabalha com a incerteza, eu gostaria que nesse momento não está tendo que pedir a vocês da impressa para reforçar as pessoas a tomarem a 2ª dose, para reforçar a importância da 1ª dose” . Foi o que respondeu o governador Rui Costa, quando foi questionado pelo Blog do Valente sobre a possível realização de Réveillon e Carnaval na Bahia.

Ele ainda ressaltou que “a doença está voltando pelo nariz, pela boca de quem não tomou a vacina” e por isso é difícil fazer uma previsão positiva sobre as festas de final e início de ano.

O Governador também relatou que ainda tem 700 mil pessoas que não retornou para tomar a 2ª dose, caso o estado tivesse um grande número da população vacinada, ele teria a tranquilidade de fazer um prognóstico de final de ano e início de ano. Mas devido o comportamento de algumas pessoas que ainda não foram tomar a vacina, torna incerto o futuro festivo do estado, já que o risco de contaminação continua eminente.

Segundo Rui Costa, são mais de 30 dias que os números de contaminação não caem no estado baiano. Países como Rússia, França, Inglaterra, China e entre outros estão enfrentando um retrocesso da doença e algumas delas, como a China está adotando a filosofia de tolerância zero, fechando toda a cidade. Ele lamenta que mesmo com o grande número de casos na Bahia, a população anseia pelo Réveillon e Carnaval, independente do que isso pode significar de vidas humanas.

E finaliza reafirmando “não terei uma decisão enquanto a gente tiver essa insegurança com o comportamento da doença” e também fazendo um apelo que todos, sejam, da impressa ou comerciantes tomem a vacina e consciente seus funcionários também a tomarem e contribuir na corrente da vacinação e ao uso de máscara.