SPU autoriza avanço em estudos técnicos para perfurações de sondagem da Ponte Salvador-Itaparica

Imagem: divulgação

A Superintendência do Patrimônio da União (SPU) deu um passo importante para a construção da ponte Salvador-Itaparica ao autorizar a realização de 102 perfurações em uma área de 5,9 milhões de metros quadrados entre a capital baiana e a ilha. A autorização, assinada pelo chefe da SPU na Bahia, Otávio Alexandre Freire Da Silva, e publicada no Diário Oficial da União na última segunda-feira (20), permitirá o avanço das sondagens geológicas e geotécnicas na região.

As perfurações serão realizadas tanto em terra firme quanto no mar, coletando amostras do solo marítimo para análise. O investimento total no serviço é estimado em R$ 160 milhões e está sendo realizado pela empresa de Engenharia Portuária, Subaquática e Offshore, Belov. A Belov é responsável por fornecer balsas e montar os equipamentos chineses em seu estaleiro no Porto de Aratu.

O início das sondagens, em 31 de janeiro deste ano, marcou o início da fase preparatória para a construção da ponte. O governador da Bahia, Jerônimo Rodrigues (PT), tem cobrado celeridade no andamento das obras, ressaltando a importância do projeto para o desenvolvimento do estado. Segundo o governador, “vai ficar ruim” se o primeiro-ministro da China, Xi Jinping, chegar ao Brasil e a ponte ainda não estiver em construção.

A ponte Salvador-Itaparica, com extensão de 29,4 quilômetros, ligará a capital baiana à ilha de Itaparica por meio de uma rodovia e uma linha de metrô leve. A obra é considerada um dos maiores projetos de infraestrutura do Nordeste e deve gerar milhares de empregos diretos e indiretos.



Veja mais notícias no blogdovalente.com.br e siga o Blog no Google Notícia