Fortes ondas derrubam portão e invadem garagem de prédio no litoral de SP; veja

Imagens de câmeras de monitoramento, obtidas pelo G1 na manhã desta sexta-feira (3), registraram o momento em que fortes ondas quebraram e arrastaram o portão de um prédio em Itanhaém, no litoral paulista. A alta da maré, registrada na Baixada Santista, foi causada em decorrência da passagem do ciclone bomba pela região.

A ressaca invadiu a Avenida Vicente de Carvalho, no bairro Praia do Sonho, nesta quinta-feira (2). Com a força das ondas, é possível ver o momento em que o portão de um edifício é arrancado e arrastado para dentro da garagem do prédio.

“Uma onda desse porte foi uma surpresa. Trabalho aqui há 20 anos e foi a primeira vez que vi algo desse tipo. Chegou a inundar, mas ninguém se feriu”, afirmou o zelador e morador do edifício, Valdo Silva, de 46 anos.
De acordo com o zelador, apesar do susto, ninguém foi atingido pelo portão arrastado e os automóveis estacionados dentro da garagem também não sofreram danos. Providências já foram tomadas para consertar o portão na manhã desta sexta-feira (3).

Ciclone bomba no litoral de SP

A previsão de maré elevada já era esperada até a noite desta quinta-feira, conforme divulgado pelo Centro de Hidrografia da Marinha do Brasil. A passagem do fenômeno meteorológico causou prejuízos à população da Baixada Santista, provocando quedas de árvores, atingindo carros e afundando embarcações.

Nesta sexta-feira, imagens aéreas mostraram o mar cobrindo quase toda a faixa de areia da praia de São Vicente, enquanto a região era atingida pelos ventos oriundos do ciclone bomba. Muitas praias das cidades da Baixada Santista ficaram inacessíveis com a forte ressaca que atingiu a região.

Carro foi engolido por cratera após deslizamentos causados por ressaca em Peruíbe. — Foto: Reprodução

Carro foi engolido por cratera após deslizamentos causados por ressaca em Peruíbe. — Foto: Reprodução