Bolsonaro decide desligar Rêgo Barros do cargo de porta-voz do governo

O porta-voz da Presidência da República, General Otávio Rêgo Barros, vai deixar o governo. De acordo com a coluna Matheus Leitão, da revista Veja, o cargo será extinto por decisão do presidente Jair Bolsonaro.

A decisão já teria sido informada aos ministros Fábio Faria, de Comunicações, e Luiz Eduardo Ramos, da Secretaria de Governo. A oficialização da saída do porta-voz, no entanto, ainda deve demorar alguns dias.
Rêgo Barros, que tem sido deixado de lado pelo presidente nos últimos meses, já foi alvo de críticas abertas do vereador Carlos Bolsonaro, por sua postura complacente com a imprensa. Ele também já protagonizou intrigas com o secretário de Comunicação da Presidência, Fabio Wajngarten.

*Bahia.Ba