Bolsonaro não se pronuncia sobre homem negro morto em mercado e publica foto de Pelé

 

O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), mantém o silêncio sobre o caso João Alberto Silveira Freitas, 40 anos. João foi espancado até a morte em uma unidade do supermercado Carrefour em Porto Alegre (RS).

Até a noite desta sexta-feira, 20, mesmo com a repercussão do caso, inclusive na imprensa internacional, Bolsonaro não havia se manifestado. Entre as publicações de Bolsonaro nesta sexta-feira, 20, está uma foto de Pelé.

O ex-jogador mostra uma camisa do Santos, clube pelo qual fez história, autografada por ele para Jair Bolsonaro. O vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB) classificou como “lamentável” o caso, contudo, disse que o caso não tem a ver com o racismo, porque, segundo ele, não existe racismo no Brasil.

Quando questionado se via racismo no caso, ele respondeu que é algo que tentam “importar” para o Brasil: “Não. Para mim, no Brasil não existe racismo. Isso é uma coisa que querem importar aqui para o Brasil, não existe aqui”, declarou.

Outros membros do governo Bolsonaro também se manifestaram, como a ministra Damares, que se solidarizou com a família: “A vida de mais um brasileiro foi brutalmente ceifada no estacionamento de um supermercado, no Rio Grande do Sul. As imagens são chocantes e nos causaram indignação e revolta”, escreveu a ministra em publicação nas redes sociais.

Fonte: A Tarde




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *