Além da Bahia, São Paulo também adere ao toque de recolher para conter o coronavírus

 

Foto: Rovena Rosa/ Agência Brasil

O número de casos ativos de Covid-19 no Brasil tem crescido de forma bastante acelerada e preocupando as autoridades em todo o país. Na Bahia, a população já vive sob o decreto de toque de recolher das 20h às 5h. Nesta quarta-feira (24), foi a vez do governo de São Paulo anunciar a medida restringindo a circulação de pessoas das 23h às 5h em todo o estado.

A decisão foi tomada após São Paulo atingir o maior número de pacientes em UTIs com coronavírus desde o início da pandemia. Ao todos são 6.410 internados. O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), explicou que as medidas não atingem o funcionamento do comércio durante o dia porque as pessoas tendem a beber menos nesse horário e estão dedicadas ao trabalho.

Paraná
Situação ainda mais grave está sendo vivido no litoral paranaense, que com o aumento no número de casos ativos, não possui mais leitos disponíveis no Hospital Regional do Litoral, que atende os municípios de Matinhos, Guaratuba e Paranaguá.

Com isso, a prefeitura de Matinhos deve publicar ainda nesta quarta um novo decreto do tipo lockdown, proibindo inclusive passeio no calçadão. Dessa forma, apenas serviços essenciais como mercados, farmácias e postos de gasolina poderiam funcionar em horários pré-determinados. A duração é de 14 dias a partir da publicação do decreto no Diário Oficial.

*Bahia.ba