Após passeio de moto em SP, Bolsonaro fala para público sobre máscaras e isolamento social

Bolsonaro participa de passeio de moto em São Paulo — Foto: TV GLOBO

Um passeio de motociclistas em apoio e com a participação do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) provocou interdições em vias da capital paulista, na manhã deste sábado (12). O evento foi organizado por dezenas de motoclubes de São Paulo e a maioria dos participantes não usou máscaras.

Bolsonaro, seu filho Eduardo, e o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes, foram multados por não usarem máscara. Durante o trajeto, motociclistas se envolveram em acidentes, a maioria cobriu a placa da moto com fitas adesivas e também houve aglomeração. Faixas antidemocráticas pedindo a intervenção militar foram exibidas aos participantes.

No encerramento do passeio, na região do Parque Ibirapuera, Bolsonaro discursou e voltou a falar contra o uso de máscaras e o isolamento social, e a favor de remédios sem eficácia. O presidente também voltou a dizer que houve excesso de notificações de mortes por Covid-19.

O Tribunal de Contas da União negou que tenha emitido algum relatório questionando o número de mortes por Covid-19 em 2020. No comunicado de segunda-feira (7), o TCU rebateu uma declaração dada pelo presidente Bolsonaro que o tribunal lançaria dúvida sobre parte dos óbitos registrados em decorrência da pandemia.