90 membros do PCC fogem de prisão do Paraguai por túnel

Cerca de 90 membros do PCC, uma das maiores facções criminosas do Brasil, fugiram na madrugada deste domingo (19) de uma prisão em Pedro Juan Caballero, no Paraguai. Segundo informações divulgadas no Folha de São Paulo, os detentos teriam utilizado um túnel que liga um dos pavilhões voltados para presos da facção à área externa da prisão. Sacos de terra foram encontrados na cela.

A ministra da Justiça do Paraguai, Cecilia Pérez, ordenou a saída do diretor do presídio e de outros funcionários. Ela ainda disse, em entrevista à rádio paraguaia ABC Cardinal, suspeitar que houve facilitação da fuga: “É categórico que houve corrupção”.

Em uma das celas foram encontrados cerca de 200 sacos para a retirada do entulho e terra do buraco. Jornais do país afirmaram que a Polícia Federam Brasileira foi informada sobre a fuga.