“EUA têm direito de conhecer vencedor hoje”, defende Trump

O presidente dos Estados Unidos e candidato à reeleição pelo Partido Republicano, Donald Trump, visitou na tarde desta terça-feira (3) a sede de sua campanha em Arlington, na Virgínia, e afirmou que os americanos têm o direito de saber o resultado das eleições ainda hoje.

“Os Estados Unidos têm o direito de conhecer hoje o vencedor das eleições”, disse o magnata, que se refere à contagem dos votos por correios, que se tornaram um dos maiores pontos de interrogação para a disputa.

Falando com jornalistas, Trump também explicou que ainda não tem um discurso pronto em caso de derrota. “Eu ainda não estou pensando em um discurso de concessão ou aceitação. Ganhar é fácil. Perder nunca é fácil. Para mim não é”.

Apesar do tom cauteloso, o republicano disse aos seus apoiadores que eles devem ter uma “ótima noite”. “Ouvi dizer que estamos indo muito bem na Flórida e no Arizona. Estamos indo muito bem no Texas”.

Mais cedo, Trump já havia adotado um discurso com mais cautela ao comentar sobre as eleições no programa “Fox & Friends” durante um telefonema. Na ocasião, ele disse que só irá declarar vitória “quando houver vitória”.

“Não há necessidade de brincar”, completou ele, enfatizando que consegue ver “uma chance muito, muito sólida de vencer”, apesar de estar atrás nas pesquisas. “Não sei como eles avaliam as chances”.

No último domingo, fontes próximas ao atual presidente americano haviam dito que ele poderia se declarar como vencedor da disputa contra o democrata Joe Biden ainda no início da apuração.

Biden, por sua vez, afirmou que Trump “não roubará esta eleição”.

Fonte: Terra