Mulher é presa na BA após fugir quando juiz a condenava a 77 anos de prisão por mortes em acidente

Foto: Divulgação/SSP-BA

Uma mulher de 50 anos foi presa, na tarde desta sexta-feira (18), depois de ter fugido da polícia quando um juiz redigia a sua sentença de 77 anos de prisão por provocado, de forma intencional, um acidente que terminou com a morte de três pessoas e feriu outras quatro, na cidade de Gandu, no sul da Bahia.

Conforme informações divulgadas pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), Anete Bispo dos Santos foi condenada, e fugiu, em 2018, 17 anos depois do acidente, ocorrido no ano de 2001.

Segundo o órgão, no dia do crime, houve uma discussão entre a acusada e as vítimas e, após o desentendimento, Anete teria usado um carro para perseguir o veículo em que as vítimas estavam. Não há informações sobre a causa da discussão.

Conforme a investigação, Anete estava em alta velocidade quando fechou o outro carro, provocando a colisão.

Após a batida, Anete fugiu do local, mas foi presa depois dentro de uma pousada, após denúncias anônimas. Ela foi localizada por equipes da 5ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Valença) e a 60ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Gandu), com apoio da Polícia Federal.

A mulher respondia em liberdade pelo crime até o dia da condenação, quando conseguiu fugir.