SAJ tem 18 mil medidas protetivas em tramitação na Comarca, diz delegada da mulher

Santo Antônio de Jesus tem 18mil medidas protetivas tramitando na Vara Crime da Comarca do município. A informação foi divulgada pela delegada da mulher, Patrícia Jackes ao repórter Antônio Carlos. De acordo com ela, o ano de 2020 teve um aumento considerável nos casos de feminicídio no país. Só em Santo Antônio de Jesus mais de 300 inquéritos policiais com autoria, materialidade definida e todos os crimes relacionados a feminicídios foram concluídos com prisão preventiva decretada, “A polícia vem realizando um trabalho árduo. Continuo a frisar a necessidade da vinda a delegacia da mulher que vai, com certeza, colaborar muito”, disse. Ela informou que neste ano de 2021, há perspectiva de ter mais ações como campanhas de prevenção, orientação, além de prisões dos agressores, “Começamos o ano contactando todas as mulheres que vieram a esse núcleo registrar denúncias para que elas possam informar como está a situação delas na atualidade, se os agressores estão descumprindo a medida”, pontuou.