Bolsonaro anuncia indicação de Kassio Nunes Marques para vaga no STF

 

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) anunciou nesta quinta-feira (1º) que vai indicar o desembargador Kassio Nunes Marques, de 48 anos, para assumir a vaga de ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) no lugar de Celso de Mello, que antecipou a aposentadoria para 13 de outubro.

A confirmação da indicação foi dada pelo próprio presidente em sua live semanal, nesta noite.

“Sai publicado amanhã no Diário Oficial o nome do Kássio Marques para a nossa primeira vaga do Supremo Tribunal Federal”, disse Bolsonaro na transmissão feita do Palácio da Alvorada.

Ele disse que a segunda vaga será destinada a um evangélico.

Marques é atual desembargador do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, que tem sede em Brasília. Se a indicação se confirmar, ele ainda terá de passar por sabatina no Senado Federal e ter o nome aprovado em plenário, pela maioria absoluta dos senadores.

O nome do magistrado surgiu como um dos principais cotados para a vaga no início da semana, quando o desembargador se reuniu com Bolsonaro e o ministro Gilmar Mendes. O ministro Dias Toffoli, que deixou a presidência do STF em setembro, também participou da conversa.

“Na noite desta quarta-feira, 30, o presidente Jair Bolsonaro tomou uma decisão para a substituição de Celso de Mello no Supremo Tribunal Federal (STF). Ele escolheu para o cargo o piauiense Kassio Nunes, que tem 48 anos e é desembargador do Tribunal Regional Federal da 1ª Região”, disse o jornalista e comentarista Alexandre Garcia, do Canal Rural e da CNN.