Polícia dos EUA prende dois extremistas que se tornaram símbolo da invasão ao Capitólio

As autoridades federais dos Estados Unidos anunciaram hoje (9) a prisão de dois extremistas que se tornaram símbolo da invasão ao Capitólio em apoio ao presidente Donald Trump na última quarta-feira (6).

Um deles, Jacob Anthony Chansley, conhecido como Jake Angeli, entrou no prédio que abriga o Congresso norte-americano sem camisa, mas vestido com calça bege, chifres, um cocar de pele de urso, pintura facial vermelha, branca e azul e carregando uma lança de 1,80 metro com a bandeira dos Estados Unidos.

O outro manifestante, Adam Christian Johnson, cuja imagem carregando o púlpito da presidente da Câmara dos Deputados, a democrata Nancy Palosi, se tornou viral, também foi preso.

Metro1




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *