Neto rechaça possibilidade de aliança entre DEM e PT em 2022: ‘Não existe’

Foto : Divulgação

O presidente nacional do Democratas e ex-prefeito de Salvador, ACM Neto, rechaçou hoje (9) a possibilidade de a legenda dividir palanque com o PT nas eleições de 2022. Ontem (8), uma reportagem do jornal O Estado de S. Paulo mostrou que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tem telefonado para líderes do centro, incluindo o ex-presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM).

“Sobre a hipótese de uma aliança com o PT, eu diria a você que ela não existe, ela não existe. Tratando de uma maneira muito clara, muito objetiva e direta, né? Nós sempre estivemos em lados opostos do PT. Então, eu não quero aqui entrar em ‘fulanização’, em exclusão ou qualquer coisa parecida, mas eu não avalio essa hipótese de uma aliança com o PT ou de termos o Democratas com o PT no mesmo palanque, numa eleição presidencial”, disse.

Neto ainda reforçou o desejo pessoal por uma “terceira via” na disputa presidencial, mas frisou que o posicionamento do Democratas ainda não foi definido. “Nós não começamos a falar de 2022 de uma maneira formal dentro do partido. Esse assunto só vai ser tratado a partir do segundo semestre, tá certo? Agora, o meu sentimento, o que eu vejo no partido, do que eu ouço do partido, é que o desejo principal é que exista uma possibilidade que retire dessa polarização, mas não que essa seja uma posição do DEM”, pontuou.