Bolsonaro: ‘Qual é o interesse das pessoas taradas por vacina?’

O presidente Jair Bolsonaro voltou a deixar claro nesta quinta-feira, 6, que é contrário à vacinação de crianças de 5 a 11 anos contra a covid-19. A medida foi autorizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e anunciada pelo Ministério da Saúde.

O chefe do Executivo afirmou que os pais não devem se deixar influenciar pela “propaganda” favorável à imunização do público infantil. Segundo ele, os dados disponíveis indicam uma baixa incidência de óbitos nessa faixa etária.

“A Anvisa, lamentavelmente, aprovou a vacina para crianças entre 5 e 11 anos de idade. A minha opinião, quero dar para você aqui: a minha filha de 11 anos não será vacinada”, reiterou Bolsonaro em entrevista à Rádio Nova, de Pernambuco. “E você tem que ler o que foi feito ontem no Ministério da Saúde, o encaminhamento disso, para decidir se vai vacinar o seu filho de 5 a 11 anos ou não.”

Bolsonaro disse ainda que há pessoas “taradas por vacina” e que são levadas pelo pânico em relação à pandemia de covid-19. O presidente também chegou a lançar dúvidas sobre o comportamento da Anvisa.
“O que está por trás disso? Qual o interesse da Anvisa por trás disso aí?”, indagou. “Qual é o interesse das pessoas taradas por vacina? É pela sua vida? É pela sua saúde? Se fosse, estariam preocupadas com outras doenças no Brasil, mas não estão.”