Responsável pelo transporte da saúde explica realidade de disponibilidade; “a demanda só aumenta”

Adelita Barreto, responsável pelo transporte da saúde em Santo Antônio de Jesus entrou em contato com a Rádio Andaiá FM nesta quarta-feira (09), comentando sobre a realidade de disponibilidade de agendamento de transporte aos pacientes, depois de uma reivindicação que uma ouvinte desta mesma emissora fez quanto ao não fornecimento de transporte. Ela disse que trabalha constantemente para favorecer a população, “o serviço que a gente presta é um serviço voltado pra o povo, e procura atender sempre que necessário cada ligação e pedido… só que tem casos que chegam na terça e a gente não tem como conseguir um carro para quarta” explicou, acrescentando que quando há disponibilidade de veículo, o serviço é prestado.

images

Ela salienta que quando o paciente faz o agendamento com antecedência para que o transporte seja disponibilizado, quando surge emergências, ela assegura que as mesmas são atendidas, no entanto, nem sempre há veículos disponíveis, assim os atendimentos passam por uma triagem, priorizando os casos mais urgentes, “a gente encaminha 1400 pacientes por mês, é muito difícil ver alguém agradecer, agora criticar e falar mal eu tenho percebido, e muito” disse.

Adelita explica que há duas Vans, a ambulância e dependendo da demanda, tem mais cinco ou seis carros para atender a população, e pede para que a cidadã que reivindicou possa se dirigir ao setor para buscar formas de resolver a situação, “se tiver disponibilidade do veículo, eu tenho certeza que a gente vai dar um jeitinho, mas se não tiver, infelizmente a gente não tem como atender… As pessoas têm que entender que não é sempre que a gente vai poder atender 100%, porque infelizmente, a demanda só aumenta” comentou.

Ela garante tentar resolver a situação da cidadã, inclusive entender o que aconteceu. Outra ouvinte entrou em contato com a mesma emissora no momento da entrevista, falando sobre sua satisfação quanto ao trabalho desenvolvido pelo setor de transporte da saúde. Ela se sente agradecida pela atenção e cuidados que os responsáveis têm com seu pai que realiza tratamento em Salvador, contribuiu muito para melhorar sua saúde, “quando eu preciso, eu acho, tem que ir realmente com antecedência. Eu agradeço ao pessoal” disse.

 

Blog do Valente