Dr. Christian Ferraz critica fechamento do comércio de Santo Antônio de Jesus; assista a entrevista completa

Em entrevista ao Programa do Valente nesta terça-feira(16), Dr. Christian Ferraz, pré-candidato a prefeito de Santo Antônio de Jesus, falou sobre ações de combate ao coronavírus e outros assuntos. Para ele, a barreira sanitária sem testagem é quase uma brincadeira, pois fazer apenas medida corporal é pouco. “Precisamos fazer testagem em massa. Todos os veículos que adentrassem nossa cidade, fariam testes rápidos, se as pessoas envolvidas naquele carro tivessem negativos para o teste, entrariam em nossa cidade”, opinou.

Quando questionado pelo radialista Léo Valente se o município tem testes para todas as pessoas que entrarem na cidade, ele afirmou que a todo momento o município tem novo aporte de receita. “Há má uso do dinheiro público. Por exemplo, temos notícia que em torno de 2 mil testes chegaram em Santo Antônio. Não é um número tão significativo, mas já seria útil, e esses testes estão servindo à elite, à pessoas ligadas a gestão pública para fazer avaliação gratuita, onde o dinheiro público tem de ser colocado à disposição da população”, declarou.

Para o médico, toda vez que fecha o comércio, gera uma aglomeração no retorno. “A princípio seria interessante, pois causa um distanciamento físico, pois as pessoas não estão podendo circular, mas de repente, abre-se novamente e toda a população se direciona para o comércio e as atividades informais, fica aquela aglomeração”, afirmou. Para ele, a melhor opção seria estender a abertura do comércio de 06h da manhã até às 22h, de maneira facultativa. “Agora, logicamente, obedecendo as leis trabalhistas”, ressaltou.