Pré-candidata à prefeitura de SAJ, advogada Lia Barroso é desfavorável ao fechamento do comércio

A  pré-candidata à prefeitura de Santo Antônio de Jesus, Dr. Lia Barroso, é desfavorável ao fechamento do comércio do município. “Esse fechamento tem consequências muitos sérias, a começar  pelo homem do campo que plantou  no São José para colher no São João e terá um prejuízo enorme. Ele [homem do campo] vai fazer o que com essa produção? O gestor tem de ver uma forma de escoar a produção”, opinou.

Para a advogada, a suspensão das atividades comerciais quando o município não tinha nenhum caso confirmado de Covid-19 foi uma precipitação. Naquele momento, segundo a advogada, deveria ter proibido a entrada de pessoas de outras cidades, pois ainda não haviam infectados no município.

Durante entrevista ao Programa do Valente nesta quinta-feira (18), ela disse  ainda ser necessário haver uma dosagem, pois as atividades comerciais fechadas prejudicam os trabalhadores que precisam colocar comida na mesa. “Quando estava abrindo em forma de rodízio não estava havendo um aumento de casos, não sei qualificar a razão desse aumento, mas tenho certeza que não foi pelo povo de Santo Antônio de Jesus, pelos nativos daqui”, afirmou.

Ela lembrou que os países que são dirigidos por mulheres têm tido resultado positivo no combate à Covid-19. “Então, o problema está na dosagem, na administração do problema. O fechamento no período do São João prejudica muito o empresário, o trabalhador e o homem do campo. Teria de ter um ponto de equilíbrio, é uma rede de prejuízo”, salientou.

Para  a pré-candidata, a abertura do comércio em dias alternados e um toque de recolher mais rigoroso seriam alternativas para manter o comércio aberto e continuar a prevenção do novo coronavírus. “Não pode fechar tudo, pois é muito danoso”, declarou.

Dr. Lia é a única mulher pré-candidata à prefeitura do município. De acordo a legislação eleitoral, um partido deve ter no mínimo 30% de candidatas para casa legislativa municipal, mas durante entrevista, ela explicou que o Partido Solidariedade não terá apenas a porcentagem miníma, pois a ideia é levar as mulheres para a política.